sábado, 21 de outubro de 2006

Pintura Barroca (2) Caravaggio

La Valeta, Caravaggio, St John cathedral, Malta http://www.soton.ac.uk/~jamescj/medsip2004/malta.html

Caravaggio é o pintor mais misterioso e, sem dúvida, o mais revolucionário da história da arte. Em Roma, 34 anos após a morte de Miguel Ângelo, ele esteve na origem de uma reacção violenta contra "o Maneirismo", ou seja, a forma de pintar dos mais velhos, que ele considerava limitados, afectados e académicos. Impôs uma nova linguagem, realista, teatral, escolhendo em cada tema o instante mais dramático, recrutando os modelos na rua, mesmo para as cenas mais sagradas como A Morte da Virgem, não hesitando em pintá-los de noite, o que poucos artistas, antes dele, tinham ousado. Ele proclamou o primado da natureza e da verdade.
Foi, para a pintura, a apoteose do que viria a ser chamado, mais tarde, de arte barroca. A época, na charneira dos séculos XVI e XVII, está repleta de excessos e êxtases. Do Concílio de Trento saiu a Contra-Reforma: ao rigor de Lutero e de Calvino, que baniram os quadros e as esculturas dos santuários, os papas e os Jesuítas opunham uma abundância de imagens, de ornamentos, de cores, de contrastes, de decorações com vista a deslumbrarem os fiéis e afirmar a supremacia de Roma. Claudio Monteverdi acabara de inventar a ópera. A obra de Caravaggio explode nesta tormenta e amplifica-a. cada uma das suas obras é um escândalo e alguns indignam-se. Nicolas Poussin, que chegou a Roma pouco depois da morte de Caravaggio, declarou: "Ele veio para destruir a pintura".
in Caravaggio, Gilles Lambert, ed. Taschen, páginas 7 e 8

4 comentários:

Frioleiras disse...

Gosto muito mas...
Rembrandt, o claro/escuro, do norte é .......... sublime !

Dorodete Figo disse...

Sem dúvida um revolucionário, a expressão da arte, ele põe em suas criações tudo que vivia, o que amava e o que odiava...

Wagner disse...

gosto muito de suas obras,digamos q ele foi um ''rebelde''...
rebelde,mas sim pq tinha suas proprias ideias,e não seguia a nenhum ''roteiro''...

Raquel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.